terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Comemorações, comilanças e desejo de boas festas

As festas de fim de chegaram... Para mim momento de reflexão, momento de analisar tudo de bom ou não que aconteceu, momento de tornarmos pessoas melhores, mais compreensivas, menos egoístas e momento de participar de festas cheias de comidinhas saborosas e tentadoras...kkkkkkk Para um diabético pode parecer um sacrifício, pois não é fácil controlar nossas vontades, nossos impulsos e resistir à essas tentações gastronômicas, mas é possível aproveitarmos esses momentos de forma saudável sem prejudicar nosso controle.
Para nós diabéticos é recomendado o consumo de carnes brancas, acompanhadas por saladas de verduras e legumes. Batata e mandioquinha devem ser evitadas. As frutas secas e os grãos, como nozes, castanhas e amêndoas são liberados, mas sempre em quantidade moderada. Lembrando que hoje nada mais é proibido e existem versões diets de  sobremesas, panetones comuns dessa época, mas também sem exageros. A bebida alcóolica deve ser ingerida com moderação, mas fiquem atentos às hipoglicemias.
Não se esqueçam de medir a glicose constantemente, fazendo as correções necessárias e no mais é só curtir esse momento gostoso de festas!!!
Aproveito para desejar a todos boas festas e agradecer o carinho e a amizades de vocês, que venha 2014 com muuuita saúde e ótimas glicadas para todos!!!
 
 


sábado, 21 de dezembro de 2013

A burocracia para tratar o diabetes no Brasil

 
Acho que todo diabético já ficou um dia na vida revoltado, já se sentiu injustiçado, já sentiu na pele e no sangue os descaso com nosso tratamento. Os mineiros que o digam... Acho de verdade, independente da condição financeira, social que grande parte dos diabéticos não concordam com a forma como nosso tratamento é "tratado" no Brasil. Temos um respaldo sim do SUS, mas no fundo da nossa sinceridade ainda é  pouco ou quase nada para atender à todos diabéticos.
Vejam só que texto bacana do blog da mamãe pâncreas Sarah do blog Eu, meu filho e o diabetes e da querida advogada, também doce, Débora Aligiere expondo e explicando suas indignações sobre a forma como somos tratados.

Massss vamos que vamos, brasileira que sou nunca desisto e espero que um dia desses melhore...
 
Confira o texto também no blog Eu, meu filho e o diabetes 
 


" Muito tem se falado que o SUS fornece tudo o que o diabético precisa, a maioria da população acredita nisso, afinal o Programa do Governo Federal Saúde Não Tem Preço anuncia tudo de graça em qualquer Farmácia Popular.

Vamos por partes, para que todos entendam como chegamos até esta fila.

O SUS disponibiliza apenas 2 tipos de insulina, a NPH e a Regular, para aplicação apenas seringas, nem sempre a disposição do paciente, e as vezes seu tamanho não é adequado ao paciente, pessoas mais magras e crianças, precisam de agulhas menores. Lancetas para furar o dedo na hora do teste capilar, ahhhh... essas não tenho palavras para descrever, só quem fura o dedo com elas varias vezes por dia sabe o que significa as lancetas dispostas no SUS. Quem é atendido no SUS e faz uso de insulina, também recebe as tiras, essas não estão dispostas na Farmácia popular, o diabético recebe no ato da consulta, mas a quantidade máxima mensal, nem sempre suficiente, é determinada pela prefeitura local, por isso varia muito de um Município para outro.

Aí voce me pergunta, isso não é o suficiente?

Não, nem de longe é o ideal.

Começando pela insulina, NPH e Regular são insulinas antigas, a NPH em especial apresenta picos de ação e nem todo diabético consegue chegar a um bom controle com ela, e quem não consegue um bom controle e tem uma boa equipe medica, é indicado o uso de ANÁLAGOSDE INSULINA, são insulinas mais modernas e mais estáveis, que não constam no RENAME.
Pra ter acesso a esses medicamentos, na maioria das vezes é preciso um processo judicial contra o Estado e/ou Prefeitura, isso demanda tempo, desgaste emocional e por vezes dinheiro, porque nem toda a DEFENSORIA PÚBLICA esta preparada para um processo desses.

Esse foi o nosso caso, temos uma liminar judicial que garante o fornecimento de todo e qualquer medicamento para o controle da glicemia, incluindo tiras além do limite de 150/mês determinado pela Prefeitura do RJ e os insumos para a bomba.

Eu não queria que fosse assim, eu não mereço que seja assim!

Cada dia do mês que eu preciso ir a SESRJ buscar insulinas e insumos, é o pior dia do mês, eu não queria ter que ficar horas numa fila, assistir aquelas pessoas visivelmente doentes, quase incapacitadas esperando por medicamentos como se espera uma esmola, isso debilita, desestimula.
Por mais que eu tenha uma visão positiva do diabetes na nossa vida, por mais que eu saiba que com um bom controle meu filho terá um bom prognóstico, quando vejo alguém amputado, com os braços com aqueles calos da Hemodiálise, meu astral e minha força vão ao chão, porque está ali, bem na minha frente, uma possibilidade. Há quem ache que isso impulsiona, faz com que se tenha um melhor controle da doença, em partes sim, porque não quero que meu filho chegue aquele ponto, mas deprime, entristece, e cheguei ao ponto em que essa situação está me fazendo mal fisicamente. Só de saber que o dia de buscar medicamentos está chegando, meu corpo começa a pesar, dói tudo, cabeça. pé, barriga, coluna... Hoje acordei assim... Nem força para levantar da cama encontrei... Decidi não ir, por mim, mas infelizmente, só adiei o que pra mim é um problema, mas que é o único meio do meu filho ter tudo o que precisa para controlar a glicemia.

Como eu queria poder sair das consultas com tudo que precisamos para controlar a glicemia até a próxima consulta... mas é sonho, claro que um sonho possível... Fico imaginando como seria mais fácil controlar os investimentos em diabetes, se os processos judiciais fossem desnecessários, poder calcular a longo prazo os gastos em saúde e melhor, poder com suas próprias estatísticas comprovar que investir em tratamento é mais barato do que cuidar das sequelas...

Desde que a LEI Nº 11.347, DE 27 DE SETEMBRO DE 2006
 foi sancionada, o Ministério da Saúde apresenta recusas em incluir novos medicamentos para diabetes no RENAME, alegando não ter estudos que comprovem a superioridade do tratamento com análogos em relação aos medicamentos já incluídos na Lista. Neste mês foi aberta mais uma Consulta Pública em relação aos medicamentos para DIABETES:

CONSULTA PÚBLICA No- 45/SCTIE-MS, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2013

O SECRETÁRIO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INSUMOS ESTRATÉGICOS DO MINISTÉRIO DA SAÚDE torna pública, nos termos do art. 19 do Decreto 7.646, de 21 de dezembro de 2011, consulta para manifestação da sociedade civil a respeito da recomendação da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde relativa à proposta de incorporação no Sistema Único de Saúde das Insulinas análogas de longa ação Diabetes Mellitus tipo II apresentado pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos - SCTIE. Fica estabelecido o prazo de 20 (vinte) dias, a contar da data de publicação desta Consulta Pública, para que sejam apresentadas contribuições, devidamente fundamentadas.A documentação objeto desta Consulta Pública e o endereço para envio de contribuições estão à disposição dos interessados no endereço eletrônico:http://portal.saude.gov.br/portal/saude/Gestor/visualizar_texto.cfm?idtxt=39823&janela=1.A Secretaria Executiva da CONITEC avaliará as contribuições apresentadas a respeito da matéria.

 

Mas infelizmente, o prazo já está correndo e não haverá tempo para o envio de contribuições porque o site está apresentando problemas, queremos que o Ministério da Saúde amplie este prazo de 20 dias, pois 5 dias já foram, precisamos questionar porque esta consulta se refere apenas ao Tipo 2, já que TODOS os diabéticos TIPO1 são insulinosdependentes, entre outras considerações, mas precisamos do site do Ministério da Saúde funcionando!!!

A Debora Aligieri, Advogada, Ativista em Diabetes e integrante dos BLOGUEIROS DE DIABETES, também escreveu sobre o assunto(
http://deboraligieri.blogspot.com.br/2013/12/tuitaco-link-da-consulta-publica-do-ms.html) e já começou com um protesto no TWITTER , esperamos receber o apoio de todos, porque mesmo não passando por situações como eu descrevi aqui, devemos ser solidários e ajudar a garantir um atendimento do SUS igual para todos."

João Alcantara, Homens Goumert e o diabetes

Genteeeeeeee que lindo o apresentador/cozinheiro do Homens Goumert, canal Bem Simples, João Alcantara, além de bonito, novo, com cara de saudável é diabético!!!
Super levantou a bandeira do diabetes e disse que graças ao diabetes é cozinheiro e tem uma excelente alimentação.
Gracinha ele falando... Vou tentar buscar o link do que ele disse para postar!!!

Mais uma vez digo: DIABETES NÃO LIMITA!!!


Coca Zero ou Coca Ligth???

Qual é a sua preferida???



 Particularmente não gosto de nenhuma das duas, mas tenho visto muitas pessoas felizes com o retorno da Coca light.
Se for para optar prefiro contar os carboidratos e tomar a normal. Se não tiver mesmo alternativa fico com a Zero com muuuito gelo, acho que a light tem gosto de remédio!!!
Melhor mesmo é tomar água, um suquinho, mas nasci antes do refri diet e da contagem de cho e muitas vezes não resisto à eles!!! Mas to tentando tirá-los de vez da minha vida...
 
INFORMAÇÃO IMPORTANTE: Ambas tem adoçantes e nenhum açúcar. A diferença entre a Coca light e a Coca Zero é proporção e os tipos de adoçantes usados em cada uma. A light tem 23mg de sódio e a Zero 28mg de sódio para cada 200ml. (Sódio demais!!!)

domingo, 15 de dezembro de 2013

Ser diabético não é questão de escolha!!!

ESCOLHA SEU DESTINO:
O diabetes tipo 2 pode ser prevenido com mudanças de hábito


 Não gostei desse banner que meu marido fotografou no metro de BH!!!
Achei apelativo colocar diabetes, mesmo tipo 2, como UMA QUESTÃO DE ESCOLHA. A opção saú...de podia ter sido substituída por outra palavra como alimentação saudável, exercícios físicos, mudança de hábitos, sei lá... Tá certo que hoje saúde é definida como estado de completo bem-estar físico, mental e social, mas a maioria das pessoas não entendem isso e seguem o antigo conceito de que saúde é ausência total de doenças.
Só falta os desinformados questionarem por que escolhemos a opção DIABETES... Não adiantaaaa, não gostei!!!

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

E se fosse comigo? Comparação de uma crise de hipoglicemia com o caso do "falso intérprete

E se fosse comigo?

11/12 - Intérprete para surdos no funeral de Mandela era farsante
Sinais não faziam sentido, os gestos do intérprete eram vergonhosos.
12/12 - 'Falso intérprete' do funeral de Mandela alega esquizofrenia - Seu péssimo desempenho provocou críticas contra os organizadores que o contrataram para um evento de tamanha magnitude e os Estados Unidos trata como caso grave na segurança do presidente Obama.

Li algumas notas sobre esse caso e vi muitas criticas. Não sei se ele é farsante, não sei se está falando a verdade, só sei que o problema todo gira em torno do Obama e o fato do rapaz ser esquizofrênico.

Em uma das reportagens que acompanhei uma tradutora diz:
- A única coisa que ele interpretou corretamente foi SOCORRO!
Claro que esse caso me tocou profundamente e me coloquei no lugar desse rapaz, mas eu com hipoglicemia...

Certa vez fiquei desacordada em um shopping e ninguém me socorria porque achavam que eu estava bêbada ou drogada. A minha sorte foi um abençoado abrir minha carteira e ter encontrado minha carteirinha de identificação:
"SOU DIABÉTICO - Se eu estiver estranho, parecendo embriagado, confuso isto significa que estou tendo uma reação associada ao diabetes. Se eu puder engolir me deem um liquido açucarado. Caso não me recupere em 10 ou 15 minutos ou esteja inconsciente, não dê de nada pela boca. Leve-me ao hospital, avise meu médico ou minha família".
Foi então que acordei em um hospital tomando glicose intravenosa, diga-se de passagem, um dos motivos que fiz minha tattoo.

Voltando a minha comparação ao caso do rapaz africano fiquei imaginando como somos julgados, criticados sem saberem o real motivo de "tais ações estranhas" e a importância de sempre avisarmos SOU DIABÉTICO, POSSO TER HIPOGLICEMIA E SÓ PRECISO DE AJUDA...
Ter vencido o meu próprio preconceito com a diabetes me fez mudar tanto meu estilo de vida e isso só me trouxe benefícios. Hoje consigo por exemplo, interromper uma conversa animada sem vergonha ou pudor para dizer:
- Me dá licença porque preciso medir minha glicose e me alimentar!
E muitoooo menos esconderia de qualquer empregador meu segredo diabéticoooooo...

Enfim, me coloquei no lugar desse rapaz e fiquei imaginando o desespero e a “depressão pós crise” que ele pode ter passado...

E qual a sua opinião sobre isso? Você consegue adequar sua vida, horários, relacionamento em geral ao diabetes?

PS: Respondendo a pergunta título: No lugar dele, com hipoglicemia, mostraria língua para o Obama, rasgaria a bandeira dos EUA, xingaria a Dilma, todos os ministros brasileiros e ainda culparia a hipoglicemia... kkkkkkkk


 
Modelo de carteira de identificação: http://www.anad.com.br/carteira_diabetico/identidade.asp
 

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Resposta da Secretaria de Saúde de Minas Gerais sobre o prazo de entrega dos novos aparelhos Active

A batalha entre Cepa X Active X diabéticos prejudicados em Minas Gerais nunca chega ao fim...
BH já está recebendo as fitas Active porque a prefeitura comprou essas fitas para entregar aos diabéticos da cidade. Entretanto, a maioria das cidades de Minas Gerais ainda estão recebendo as famigeradas fitas Cepa.
Isso corta meu coração, me deixa desesperada e não sei mais a quem recorrer.
Já fiz todos os contatos que eu pude, recebi milhares de informações, algumas nem levei em consideração por não terem fontes confiáveis...
Recebi agora essa nota do meu amigo jornalista Dimas Lopes, ativista diabético, que ainda não está recebendo as fitas Active em Santa Luzia, região metropolitana de BH.
Ele foi à Assembleia Legislativa, fez alguns contatos, recebeu retorno da ALMG e uma nota de esclarecimento da Secretaria de Saúde de Minas Gerais, SES/MG.
Não temos respostas claras, há um jogo de empurra para todos e de todos os lados. A SES/MG alega que o problema é o descumprimento no prazo de entrega dos GLICOSIMETROS pela empresa ganhadora da licitação. Segundo a Secretaria, a empresa ganhadora não entregou ainda todos os aparelhos adquiridos e isso os impede de distribuir os que já foram recebidos.
Ok, houve um "imprevisto", mas por que ainda não cobraram da empresa ganhadora a entrega desses glicosímetros? Por que eles não estão cumprindo o contrato? Muitos diabéticos já tinham os aparelhos antigos, por que não liberam as fitas para esses que já tem o aparelho? Gostaria de ouvir também a outra parte, será que eles não entregaram mesmo esses aparelhos? Não foi lhes dado um prazo, qual foi o prazo?
Realmente não consigo entender e acho que para quem não sofre na pele, digo no sangue, com esse  problema, ficar empurrando o problema, mudar o foco de culpa é mais fácil!!! 
Equanto isso, cerca de 1.348.403 diabéticos mineiros ( números divulgados pela SES/MG), correm riscos diariamente... LAMENTAVEL e muito triste ver tantas pessoas, tantos amigos precisando de ajuda e não conseguir ajuda-los, além de sentir na pele o descaso com os diabéticos do nosso Estado.
Ao amigo Dimas, meu agradecimento por estar lutando tão bravamente para mudar essa situação, como ele mesmo disse agora é aguardar... O que já temos feito há mais de um ano...
 
Por Dimas Lopes

GLICOSÍMETROS:
NOTA DE ESCLARECIMENTO DA SES/MG
Em resposta aos nossos insistentes pedidos – reiterados pelo Of. DPC 0197/2013, de 22/10/2013, do Dep. Pompílio Canavez, e telefonemas do Dep. Carlos Mosconi (presidente da Comissão de Saúde da ALMG) – sobre “a data prevista para distribuição dos novos glicosímetros”, que devem substituir os Cepa GC defeituosos, a superintendente de Assistência Farmacêutica da Subsecretaria de Ações e Políticas de Saúde da SES/MG, Grazielle Dias da Silva retornou as minhas ligações e, demoradamente, me explicou sobre essa demanda.
Segundo ela, “se a Roche (ganhadora da nova licitação) tivesse cumprido o contrato com o Governo de Minas, entregando a totalidade do combinado, os diabéticos mineiros já teriam recebido os novos aparelhos Accu-Chek e seus insumos, mas, como isso não ocorreu, o problema só deverá ser sanado em meados de abril de 2014”. Diante do meu argumento de que, em vista desse prazo ser muito grande, inúmeros diabéticos podem parar no hospital, com hipoglicemia por erros de leitura no Cepa GC, Grazielle Dias acatou a minha sugestão de – pelo menos, para amenizar o problema – ver a possibilidade, o mais breve possível, de autorizar às Regionais que ainda não foram contempladas, a distribuição de fitas/tiras do Accu-Chek antigo, para quem ainda os tem, até que os novos sejam entregues. Na oportunidade ela me informou que, “de acordo com a nova Deliberação CIB, de fevereiro deste ano, e em vigor desde outubro último, os insumos (tiras para exames de glicemia capilar) devem ser fornecidos pelas farmácias municipais na quantidade prescrita ao paciente pelo médico”, e, não, como vem ocorrendo, com cada uma distribuindo em quantidades que lhes convém, como é o caso de Santa Luzia, na RMBH.
Com o “esclarecimento”, o pedido de Audiência Pública à ALMG não faz mais sentido. A não ser que não se cumpra o que preconizam a Nota de Esclarecimento e uma cópia (destaque Capítulo IV) da Deliberação CIB (ilustrações neste post), que “sacramentam” a informação de Grazielle Dias, no e-mail (abaixo), que me foi enviado e que repasso a todos:
“Prezado Dimas,
Seguem os seguintes documentos conforme solicitado:
1. Nota de esclarecimento sobre a distribuição de tiras reagentes e glicosímetros em Minas Gerais;
2. Deliberação CIB vigente onde consta os critérios recomendados para dispensação dos insumos para o tratamento do Diabetes. Informo que, apesar da deliberação em anexo ser do mês de outubro de 2013, a regra está vigente desde fevereiro deste ano de acordo com a Deliberação que antecede esta.
Atenciosamente,
_____________________________________
Grazielle Dias da Silva
Superintendente de Assistência Farmacêutica
Subsecretaria de Ações e Políticas de Saúde
Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais - (31 39159867)
Edifício Minas - 12º andar - Cidade Administrativa de Minas Gerais”

Agora, resta-nos aguardar!!!
Um abraço (bem diet) do
Dimas Lopes

P.S.:
Lamentavelmente, não consigo anexar, no FB, os PDFs dos documentos citados. A quem interessar, favor me solicitar pelo e-mail dimaslopes@oi.com.br para que eu possa enviá-los.

O texto do Art. 12 do Capítulo IV – Da Distribuição de Medicamentos é o seguinte:

“Art. 12 Os medicamentos e insumos destinados ao tratamento do Diabetes Mellitus e Saúde da Mulher, descritos no Anexo II, com aquisição e financiamento pelo Ministério da Saúde serão distribuídos pela Secretaria de Estado de Saúde, seja por meio das Gerências Regionais de Saúde ou diretamente aos municípios.
§ 1º O Estado fornecerá o análogo Glargina aos portadores de Diabetes Tipo 1, que tiverem os processos aprovados de acordo com a Resolução SES/MG n° 2.359/2010, e suas atualizações.
§ 2º O Estado fornecerá os insumos aos portadores de Diabetes Tipo 1, Diabetes Tipo 2 insulinodependentes e Diabetes Gestacional, observados os seguintes termos:
I – os portadores de Diabetes Tipo 1, Diabetes Tipo 2 insulinodependentes e Diabetes Gestacional devem estar cadastrados no Questionário de Triagem do SIGAF disponível em http://sigaf2.saude.mg.gov.br/;
II - os aparelhos para aferição capilar de glicose (glicosímetro) compatíveis com as tiras serão doados a quantidade de 1 (um) aparelho por paciente cadastrado no Questionário de Triagem do SIGAF; GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE 7
III – os critérios para dispensação das Tiras Reagentes incluem:
a) ter diagnóstico de Diabetes tipo 1, tipo 2 insulinodependente ou gestacional;
b) ser cadastrado no questionário de triagem na farmácia municipal / Rede Farmácia de Minas ou na farmácia da UBS; e
c) prescrição médica para uso do glicosímetro, incluindo a frequência de medidas.
§ 3º Os municípios ficarão responsáveis pela aquisição de seringas e lancetas, observados os seguintes critérios:
I - os aparelhos lancetadores compatíveis com as lancetas serão doados a quantidade de 1 (um) aparelho por paciente;
II – os critérios para dispensação de lancetas incluem:
a) ter diagnóstico de Diabetes tipo 1, tipo 2 insulinodependente ou gestacional; e
b) prescrição médica para uso do glicosímetro, incluindo a frequência de medidas;
III - os critérios para dispensação de seringas incluem:
a) ter diagnóstico de Diabetes tipo 1, tipo 2 insulinodependente ou gestacional; e
b) prescrição médica incluindo a frequência de aplicações.”


 

 

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Resultados de exames mais ou menos

Fui à minha médica linda hoje e os exames estão maissss ou menossss... kkkkkkkkkk Brincadeira!!!
Apesar da glicohemoglobina 7,1% nesse último exame, minha médica disse que tá tudo bem que posso relaxar.
Os resultados desse ano foram em Ja...neiro 7,0% - Junho 6,7% - Outubro 6,5% e Dezembro 7,1%. Estou com deficiência de vitamina D, foi recomendado sol, se possível 10 minutos por dia e sem protetor solar. Dra. Milena cobrou muuuito meu retorno às atividades físicas...
Enfim, minha médica está satisfeita, sempre me animando, me dando forças. Eu estou aliviada, com mais disposição para continuar cuidando mais e mais de mim!!! Nem quero saber dessa coisa de maissss ou menossss!!! kkkkkkk
 
 

sábado, 7 de dezembro de 2013

Resultados de exames no último trimestre de 2013

14 páginas de resultados de exames!!!
Sabia que a glicohemoglobina não seria das melhores e como previsto: 7,1%
A última foi 6,5%, mas tive muuuitas hipers, sabia que não seria um bom resultado e fica um sentimento de impotência, questionando onde errei...
Paciência, bola para frente e rumo de novo aos 6,5%!!!
Lendo os resultados vi que estão alterados:
Cálcio total (referência 8,6 até 10,2) Carol Freitas = 10,4
Hidroxivitamina D ( referencia Insuficiência 10,00 até 29,9) Carol Freitas = 20,5
E o coração bate forteeeeeeeeeee!!! Agora é só esperar até segunda-feira quando vou à minha doutora linda!!!
 

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

É assim, sempre assim...

Aiii genteeeeeee, sempre que vou a um médico novo é assim, sempre assim!!!
Séria cômico, se não fosse trágico... E pra variar eu sempre caio na risada!!! kkkkkkkkkkkk

 


quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Black Friday x Última Blue Friday de novembro 2013

Acho a Black Friday brasileira a maior bobagem e enganação do mundo.

Mas vamos aproveitar a Black Friday e a última Blue Friday do ano para dar um "descontinho" para nossas glicemia???

Compartilhe conosco suas as glicemias desta sexta-feira, vamos dividir essa experiência!!!

E que os descontão sejam diários em nossas glicemias, né!!!

Luisa ensinando a colocar o sensor da Medtronic

Adoro aprender com as crianças...
 
Essa é a Luisa, diabética, filha da Lu Nunes. Nesse vídeo elas explicam como colocar o sensor da bomba Medtronic.

 To postando porque a Luisa é super desinibida, explica tudoooo tão claramente e disse coisas ai que nem eu sabia!!! Bom para a...s mamães mostrarem para seus filhos.

 Tem que ter cara de dor, mas faz parte e não somos de ferro, né gente... mas também colocou, passou e é só "espoletar"!!! kkkkkkkkkkkk

 Beijos para duas e Luisa sou sua fã!!!
 

Bella aprendendo a cuidar da mamãe

Essa é minha Bella e suas peripécias!!! kkkkkkkkk
 
Repassando com Bellaaaa:
- Filha, se a mamãe ficar/estiver com hipo, inconsciente, desmaiar o que tem que fazer?
- Ligar o 1, o 9 e o 2 mamãe... Dizer que mamãe é "diabetes" e toma "sulina"!
- Certo filha, isso mesmo!
Pensou, pensou, pensou e voltou:
- Mamãe eu conto também que te dei um suquinho de caixinha, uma balinha que tá no armário(Glicofast) e "cortei" a bomba com minha tesourinha?

Aiiiiiii genteeeeeeeeeee é emoção demais porque essa última parte não estava no script... Veio da cabeça dela e dos procedimentos que geralmente são feitos quando tô com hipo!!!

terça-feira, 26 de novembro de 2013

Fitas Active de volta em meu posto em Belo Horizonte

Finalmente elas voltaram em meu posto em BH!!!
Eu disse que não divulgaria mais nada sobre essa confusão em MG até elas começassem aparecer novamente!!!
 
Até onde sei, até onde consegui verificar, até onde usuários me relataram e o que foi divulgado é que muitas cidades em Minas Gerais ainda estão recebendo o glicosímetro e fitas Cepa.
Sabemos que o Estado já fez uma nova licitação, já receberam parte do que foi solicitado, mas somente em 2014 por volta de fevereiro/março, os aparelhos e  fitas Active voltarão em todo Estado. Enquanto isso vão dispensando o estoque do porcaria Cepa e nós ficamos perdidos no meio de promessas e informações que nunca são cumpridas e correndo riscos. 
Em Belo Horizonte fui informada que já estamos recebendo Active porque a prefeitura de BH comprou as fitas, dando prioridade aos diabéticos tipo 1 e gestantes. Ufaaaaaaaaa menos mau, mas meu coração doi pensando naqueles que ainda não receberam uma fita de confiança... :(
 
Aproveito para perguntar e POR FAVOR RESPONDAM, porque preciso ouvi-los para ajuda-los: Alguém em Belo Horizonte e Minas Gerais ainda está recebendo o CEPA??? Qual sua cidade, seu posto, qual seu bairro???
Obrigada e vamos torcer para que agora de certo, né...


domingo, 24 de novembro de 2013

Seringas para insulina, agulhas e esterelizadores antigos e medonhos

Genteeeeeeeeee achei essas fotos e vou falar "comcês", viu:
Ver essas imagens me dá ânsias de vômito!!!
É sério... Já mostrei em outro post as agulhas que usei por longos e doloridos anos. As seringas, agulhas e esterilizadores que usei de ...1979, com um mês de vida, até mais ou menos 1990 foram essas bênçãos... Ainda chamo de bênçãos porque eram elas que me mantiam viva, mas não é fácil imaginar um bebe com um mês de vida usando-as, posteriormente uma criança até quase 12 anos de vida. Já me disseram que antes de 1990 tinha as descartáveis, mas meus pais ainda não podiam custear seringas e tudo em BH era meio atrasadinho.... kkkkk
Aquele barulhinho das seringas de vidro batendo no esterilizador era muuuito irritante... As seringas pesadas, impossível uma criança conseguir segurá-la, as agulhas sem corte, grossas melhor nem comentar!!! Só aprendi a aplicar insulina sozinha com 12 anos quando minha mãe pode comprar as seringas "descartáveis" grossinhas, diferentes das de hoje, mas bem mais praticas e mesmo assim ainda fechava os olhos com medo das agulhas!!!
Aiiiiiii ainda bem que tudo evoluiu e seringas quase não fazem parte da minha vida mais... Viva minha bomba de insulina, viva a tecnologia a favor dos diabéticos, viva minha vida, viva eu ter chegado até aqui viva, saudável e felizzzzzzzzzz!!!
 
 
 
 
 
 

sábado, 23 de novembro de 2013

Lendo o livro Depois daquela viagem

Filha na aula de artes resolvi pegar esse livro na biblioteca...




 Depois daquela viagem, uma jovem que aprendeu a viver com Aids.
" Tocante e verdadeiro, um testemunho da coragem e da determinação de levar adiante a vida, apesar da Aids."

 Acho diabetes bem menor e menos problemático, mas a coragem e determinação se comparam... Depois conto o que aprendi lendo esse livro!!!

Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantil e os personagens carequinhas

Hoje, 23 novembro, é o Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantil e abraço também essa causa e apoio todas as campanhas de ajuda às crianças  e todos que tem ou tiveram câncer.
Crianças em especial, pois há mais de 20 anos perdi uma prima com 14 anos vitima da doença e vivemos muuuito de perto esse drama.
 
O Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer, GRAAC, desenvolveu esse ano uma campanha onde os personagens infantis mais queridos estão com as cabecinhas raspadas, os personagens carequinhas. A campanha tem como objetivo estimular as crianças lutarem contra o câncer e viverem suas vidas normalmente como qualquer criança.
 
Os personagens da  Turma da Mônica, a Galinha Pintadinha, o Menino Maluquinho, Hora de Aventura, Peixonauta, Garfield estão todos lindamente carequinhas.
 
De coração, achei muito legal... Só quando conhecemos e vivenciamos problemas como esses de tão perto sabemos que não é fácil e damos valor à ajudas como essas!!!
 
Conheçam a campanha, participem e ajudem o GRAACC.
 
Site da instituição: https://www.graacc.org.br/
 
Deixo em destaque hoje a Galinha "Carequinha" porque ela é azul e combina com a nossa campanha!!! :)
 
 

 
 
 
 
 
 

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Glicosímetro Freestyle

Ganhei um glicosímetro Freestyle para testar e opinar.
 
 
De cara gostei muitooooo porque o glicosímetro e a caneta são muuuito minis, tchuco, tchuco babies, bem pequenos, viu!!! Fiquei surpresa!!!


Testei e achei  alguns pontos beeeem interessantes que não encontramos em todos os glicosímetros:
 
- A quantidade de sangue para realizar o teste é bem pequeno. É só fazer um micro furo e aproximar o dedo próximo dos pontinhos da fitinha e parece que o sangue pula para a fita. Bem diferente!!!
- O resultado é bem rápido, o mais rápido que já vi!!! Eu contei 5 segundos;
- A possibilidade de repetir o teste se o sangue não for suficiente. Já há outros, mas isso é muito bom;
- Ele armazena 400 testes divididos em 7,14 e 30 dias;
- Ele é bem pequeno e os números bem grandões, com luzes de fundo;
- Achei muito bacana o fato de não precisar de codificação para usar as fitas;
- Tem entrada USB para baixar os resultados direto para o computador, tendência entre os glicosímetros atuais, que facilita a nossa vida ao levar nossas "anotações" para os médicos.
 
Conforme verifiquei já estão à venda por cerca de R$49,00 e as fitas com 50 unidades por volta de  R$76,00.
 
Provei, gostei e aprovei!!!





quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Resultado do concurso MINHA HOMENAGEM AOS DIABÉTICOS

Esse é o  resultado final do concurso fotográfico MINHA HOMENAGEM AOS DIABÉTICOS!!!

Primeiro lugar:  Com 278 “curtidas” é a foto da Gizelle e do namorado com a frase sugestiva: Amar é... controlar a glicemia juntos .
Gizelle vai levar um kit com 4 pulseiras + kit Glicofast para controlar a glicemia com o namorado. Adorei isso!!! kkkkkkkkk
 
Segundo lugar: Com 158 “curtidas” é  a foto do docinho Gabriel,  de 6 anos, com o “Tamus" juntos pelo diabetes.
O Gabriel vai levar um kit com 3 pulseiras + kit Glicofast.  Gabrielzinho, “tamus” juntos pelos diabéticos  e juntos somos mais...
 
Terceiro lugar: Com 43 “curtidas” é a foto da Talita e da Emyli com a  foto  Somos doces, somos amigas, somos mãe e filha, somos demais.
Mamy e filhota vão levar  1 pulseira + kit Glicofast.. Excelente oportunidade de dividirem o prêmio e fortalecer esse elo de amizade!!!
 
 
Agradeço de coração a todoooooooooooosssssssssss que participaram e aqueles que de alguma forma me apoiaram!!!
Recebi muitas fotos bacanas e foi difícil escolher apenas 3 fotos.
Aproveitando que hoje é dia o dia Mundial de Combate ao Diabetes, oportunidade de levarmos uma mensagem de otimismo e fazer com que as pessoas fiquem atentas aos assuntos relacionados ao diabetes, desta forma protegendo  o nosso futuro...
 
Mamãe Adriana e a docinha Eduarda, 4 anos, dm1 há 2 anos  
 
Dry, dm1
 
Doce Gigi
 
Georgea Leaal, dm1
 
Isabelli de Angelis, 4 anos, dm1 há 5 meses
 
Sweety Family
 
Cauê homenageando o padrinho diabético
 
Maria Eduarda Picco, docinha de 1 ano e 10 meses
 
PS: A comissão para escolha das 3 fotos finalistas foi composta pelas blogueiras em diabetes Carol Freitas (Euzinha), Sarah Rubia, Silvia Onofre, Nicole Lagonegro e pelo diretor da Glicofast Ivo Becaro.
 
 
 
 
 

1 ano de tattoo diabética

Hoje tá fazendo um ano que fiz minha tattoo em homenagem aos diabéticos...
Fiz ano passado no Dia Mundial de Combate ao Diabetes.
Não me arrependo um minuto de ter feito, não me arrependo de ter colocado em minha pele: Sou diabética.
Sou, sou mesmo... Não tem jeito de fugir dela, então corro com ela!!




segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Finalistas do concurso: MINHA HOMENAGEM AOS DIABÉTICOS

Atenção pessoal,
Esse são as três fotos finalista do concurso fotográfico Minha homenagem aos diabéticos.
 
Foto: Gabriel, 6 anos, diabético tipo 1
Título da foto: "Tamus" juntos pelo diabetes
 
Foto: Gizelle e o namorado, os dois diabéticos tipo 1
Título da foto: Amar é... controlar a glicemia juntos
 
Foto: Talita e Emily, mãe e filha diabéticas tipo 1
Título da foto: Somos doces, somos amigas, somos mãe e filha, juntas somos demais
 
Agora é com vocês!!!
A fotografia mais "curtida" será a vencedora e levará o kit pulseiras + kit Glicofast.

 
 
 
 
 



sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Concurso fotográfico: Minha homenagem aos diabéticos

Oiiiii azuis!!!
 
Eu disse ontem que os dias azuis estão muito cinza.... Para melhorar esse astral vamos deixar a última sexta-feira azul, que antecede o dia 14 de novembro, mais alegre, mais colorida com o concurso fotográfico MINHA HOMENAGEM AOS DIABÉTICOS.
Envie sua foto em homenagem aos diabéticos para o e-mail docevidadocebh@gmail.com
Pode ser qualquer foto relacionada ao diabetes, suas ações nesse mês de novembro, uma paisagem, qualquer coisa relacionada ao diabetes e aos diabéticos!!!
A foto mais criativa GANHARÁ UM KIT COM PULSEIRAS PARA IDENTIFICAÇÃO DE DIABETICOS + KIT PASTILHA DE GLICOSE GLICOFAST

A escolha levará em consideração os critérios estéticos e a mensagem que pretende transmitir aos diabéticos com a imagem captada.
Serão selecionadas por uma comissão as 3 fotos mais criativas. Essas irão para a final e escolheremos juntos a vencedora. 
A foto mais curtida levará o prêmio principal.
Participe, libere sua imaginação em homenagem aos diabéticos!!! 
 
Regras para participar do concurso fotográfico: MINHA HOMENAGEM AOS DIABÉTICOS:
- Serão aceitas somente fotos enviadas até o dia 10/11/2013;
- Serão aceitas somente fotos e votos de quem curtiu a página Doces contos de uma vida doce no facebook;
- Só será aceita uma foto por participante;
- Serão aceitas somente fotos identificadas com nome, cidade e título (Ex: eu e minha família no parque, Minha tatto em homenagem, meu desenho em homenagem, etc );
- Só serão aceitas fotos que estiverem relacionadas ao assunto diabetes, dia mundial do diabetes e homenagem aos diabéticos;
- As fotografias deverão ser inéditas, não serão aceitos materiais manipulados digitalmente ou copiados;
- Fotos ofensivas ou fora do assunto diabetes serão automaticamente desclassificadas;
- Resultado da primeira etapa para escolher as 3 mais votadas: Dia 11/11/2013;
- Resultado do concurso: Dia 14/11/2013;
- Premiação: 1º lugar – Kit pulseiras com 4 unidades + kit Glicofast; 2º lugar – Kit pulseiras com 3 unidades + kit Glicofast, 3º lugar – 1 pulseira + kit Glicofast.

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Os dias azuis estão cinza!!!

Faltam apenas 7 dias para o dia 14 de novembro, Dia Mundial do Diabetes 2013 e é assim que tô vendo e sentindo o nosso novembro azul:


TOTALMENTE CINZA E DESANIMADO!!!
 
Começando pelo governo, por aqueles que deveriam nos apoiar como associações, sociedades, grupos, médicos, postos de saúde, farmácias, escolas, posto de gasolina, supermercado, açougues, nada, nada, qualquer coisa, nem ninguém para  ajudar alavancar um pouquinho nossa campanha!!! (Não to falando daqueles que realmente tem lutado por esse novembro azul, não viu... Cada um sabe de si e dos seus esforços, né!!!)
Triste isso!!!
Claro, que não vou ficar de bracinhos cruzados e creio que vou ver um arco-íriszinho no final e o saldo do novembro azul será positivo!!!
Vamos aguardar...


domingo, 3 de novembro de 2013

Ninguém é feliz algemado!

Li esse texto em um grupo, quem escreveu foi uma mulher diabética há 33 anos... Gostei do que ela disse!!!

 " Fico triste em ver diabéticos que, de tão rígidos em suas dietas e glicemias e alimentação, parecem viver ALGEMADOS!
Quem é feliz vivendo algemado?!
A gente deve convencer nossa própria cabeça de que: comer coisa doce É RUIM!
TEMOS DE SER FELIZES, TEMOS DE VIVER A VIDA PLENAMENTE, SIM!
Viver para controlar o diabetes NÃO PODE SE TORNAR UMA OBRIGAÇÃO. Viva a vida CALMA e DOCEMENTE, afinal, o açúcar de seu sangue já o torna doce por natureza!"

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Novembro Azul, novembro de campanha de combate ao diabetes

Bloguinho tá azul porque o novembro azul dos diabéticos chegou!!!

Para quem ainda não sabe 14 de novembro é o Dia Mundial de Combate ao Diabetes.
Instituído pela Federação Internacional de Diabetes (IDF) a data tem como objetivo conscientizar a população da importância dos cuidados que podem ajudar a prevenir e controlar a doença.
De acordo com dados da International Diabetes Federation (IDF) pelo menos 245 milhões de pessoas no mundo têm diabetes. Em cerca de 30 anos, este número deve chegar a 380 milhões. No Brasil, cerca de 10 milhões de pessoas são portadoras da doença, cada dia aparecem 500 novos casos e a cada 8 segundos morre uma pessoa em decorrência do diabetes.
Círculo Azul
O símbolo do diabetes é o círculo azul. O círculo simboliza a vida e a saúde, e o azul reflete o céu que une todas as nações. A junção do círculo com a cor azul significa resposta à epidemia do diabetes e funciona como um estímulo para a união da luta de controle da doença em todas as nações.

O trabalho de disseminação de informações sobre diabetes não pode parar e é nossa obrigação repassar nossas experiência e informações adequadas a todos.
Entre vocês também no clima da campanha, coloque uma foto azul, troque a capa do seu perfil, usem a hastahg #novembroazul, compartilhem informações os "não" diabéticos precisam saber que hoje eles não são diabéticos, mas correm riscos. DIABETES é um problema de saúde publica que afeta todo o cidadão brasileiro, se não diretamente, indiretamente!!!
Participem vamos fazer uma ONDA AZUL nas redes sociais e disseminar informações!!!
Abaixo alguns exemplos do que pode ser usado e esses estão liberados para usarem, ok!!!
 


 

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Como furar (puncionar) o dedo corretamente para medir a glicemia

Você sabe furar seu dedo corretamente?

Sinceramente eu achava que sabia... Nesses 20 anos que tenho glicosímetro faz pouquinho tempo que aprendi a furar certinho e mesmo assim ainda tô aprendendo até hoje.
Fiz um videozinho novo mostrando como se faz isso porque tem muitas pessoas que não fazem isso corretamente.

Simboraaaa que novembro azul tai, simboraaaa que o novembro de campanha de prevenção ao diabetes chegou, simbora difundir informações adequadas e melhorar a vida dos diabéticos!!!

Passos em poucas palavras:
- Escolher um dedo e fazer rodízio;
- Limpar o dedo escolhido com álcool 70º ou água e sabão, se for com álcool espere secar;
- Furar sempre o ladinho do dedo;
- Antes de furar aquecer e pressionar o local que será picado por cerca de 3 segundos;
- Escolher a profundidade da caneta adequada para que não incomode;
- Furar com o dedo abaixo da linha do coração, assim o sangue sai com maior facilidade e em maior quantidade;
- Trocar a lanceta a cada novo teste;
- Controlar a glicemia e ser feliz!!!

Qualquer dúvida é só gritar e espero que gostem!!!

sábado, 26 de outubro de 2013

Novembro azul é dos diabéticos!!!

14 de Novembro dia mundial do diabetes, chamamos de novembro azul, azul dedicado aos diabéticos nesse mês...
De repente, aparece nas redes sociais uma campanha, apoiada pelo Ministério da Saúde, chamada Novembro Azul de combate ao câncer de próstata. Ahhhh mais que coisa desagradável, viu!!! Conheçam o site da campanha:
Não que a campanha contra o câncer de próstata não seja importante, mas poxaaaa tinha que ser em novembro, tinha que ser azul, tinham que usar um dedinho na campanha???
Somos mais de 12 milhões no Brasil, metade sem informação, sem tratamento adequado, novembro azul foi dedicado à nos e poucos nos apoiam e dão o verdadeiro valor à causa. 
Segue abaixo o texto que foi divulgado nesse fim de semana pelos diabéticos em protesto ao Novembro Azul e a campanha nacional de combate ao câncer de próstata.
 
" Não somos contra a campanha de câncer de próstata, somos contra ela ser azul, Novembro ser o mês.
Como ficará a tradicional iluminação azul que é a nível mundial, para alertar as pessoas para o diabetes?
Como ficarão nossas campanhas, caminhadas onde os diabéticos são representados por azul?
E as nossas sextas azuis todos esses anos?
Tudo vai perder o sentido?
 O dedo que representa o teste capilar, não pode ser o mesmo dedo que representa toque retal!
 A campanha para a Resolução das Nações Unidas sobre Diabetes foi liderada pela Federação Internacional de Diabetes
(IDF) desde 2007. Ela é representada por um ícone simples, que pode ser facilmente adaptado e usado em todos os lugares.
O ícone clama a união pelo diabetes e simboliza o apoio à Resolução das Nações Unidas sobre Diabetes.
O azul representa o céu e é a mesma cor da bandeira das Nações Unidas, que representa também a união entre os países.
É a única entidade que pôde apelar aos governos de todos os lugares que era hora de reverter a epidemia global de   diabetes, que ameaça o avanço econômico e que causa tanto sofrimento.
Existe uma portaria que define o Dia Mundial Do Diabetes - 14 de Novembro no Brasil.
PORTARIA Nº 391, DE 4 DE ABRIL DE 1997
O Ministro de Estado da Saúde, no uso de suas atribuições, e considerando que:
- Diabetes meilitus é uma patologia crônica que afeta todo o organismo e que, se não for bem controlada, pode desencadear severas complicações agudas e crônicas, causando, na maioria das vezes, mortes prematuras e incapacidades fisicas temporárias e permanentes;
- São extremamente elevados os custos sócio-econômicos, diretos e indiretos, advindos do tratamento do diabetes e de suas seqüelas;
- Atualmente existem 5 milhões de diabéticos no Brasil, sendo que cerca de 300 mil têm menos de 15 anos de idade;
- O Diabetes meilitus é um sério problema de Saúde Pública em nosso Pais e urge que sejam implementadas ações preventivas e de controle;
- O "Dia Mundial do Diabetes" foi estabelecido em 14 de novembro pela Organização Mundial da Saúde e pela
Federação Internacional de Diabetes, resolve:
Art. 1° -Revogara Portaria n°895, de 20 de junho de 1991.Art. 2° - Instituir, em 14 de novembro de cada ano, o "Dia Nacional do Diabetes"
como o dia símbolo de luta contra a doença, em substituição à data anteriormente estabelecida.
Art. 3° - Esta Portaria entrará em vigor na data de sua publicação."
 
Crédito do texto acima Sarah Rúbia, blog Eu, meu filho e o diabetes
 
Ahhhh não quero ser egoísta: MAS NOVEMBRO AZUL É DOS DIABÉTICOS GENTE!!!
De qualquer forma, acho que é um bom momento para refletirmos: Onde estamos errando, por que estamos perdendo nosso espaço, por que é tão difícil conseguirmos apoio para nossa causa???
 
 
 
 
 
 

 
 

Bomba de roupinha nova!!!

Ehhhh primaveraaaaaaaaaaa e minha bomba de roupinha nova florida!!!
Nunca tinha usado um adesivo em minha bomba e ameiiiiiiiiii, o problema é que vicia!!! kkkkkkkkkkk
.

Assistência para os usuários da bomba Combo em Goiânia

Essa semana fiz no facebook um comentário sobre a assistência que os usuários da bomba de insulina  Combo recebem em Goiás: “Queria ser usuária da Combo lá em Goiânia... Lá o governo não entrega "só a bomba". Ao fornecerem a bomba eles adquirem um pacote de serviços completo com médicos treinados, nutricionistas, especialistas, orientadores. Outros estados tinham que copiar esse modelo, viu!!!”
 
Vejam só o comentário da minha amiga Gizelle Rafael que usa a Combo em Goiânia:
“Verdade!!! O atendimento é ...de primeira!!!! Estou usando a bomba desde agosto. Todos os meses passamos por uma consulta com enfermeiras e nutricionistas. Elas baixam os dados e analisam as medições e doses e imprimem um relatório para ser enviado ao endocrino. De 3 em 3 meses precisamos levar os resultados de exames. Me sinto no céu... A bomba foi a melhor coisa que me aconteceu nesses 22 anos de diabetes. A bomba tem mudado minha vida. Se eu pudesse dar um conselho aos diabéticos eu diria usem a bomba.”

Muuuito bacana... Se os governos preocupassem com os diabéticos dessa forma, não só com usuários de bomba, os custos com o nosso tratamento seriam bem menores, ficaríamos satisfeitos e com tratamentos adequados! #oremos


PS: Atualmente a Combo em Goiânia pode ser adquirida pelo processo administrativo!


sábado, 19 de outubro de 2013

II Encontro de Blogueiros Roche

Sábado, 19/10/2013, participei em São Paulo do II Encontro de Blogueiros, realizado pela Roche Diabetes Care.
Sou suspeita para falar da Roche, porque realmente admiro a empresa, sobretudo pela seriedade e respeito que somos tratados. Além de confiar plenamente nos produtos que oferecem, eles até são meu "pâncreas". kkkkkkkkk
O encontro foi muito proveitoso, cheio de informações novas, produtos novos, pessoas novas...
Encontrar meus amigos blogueiros foi uma atração à parte. Estreitar laços com pessoas que gosto e que como eu trabalham para divulgar informações adequadas sobre diabetes, nos dá força para seguir nesse árduo trabalho de educação em diabetes.
Durante a semana vou postando as novidades que eu trouxe de lá!!!
 
Só gente boa que tem como missão disseminar informações adequadas sobre diabetes.

Kath e os docinhos diets que nos ensinam o tempo todo a superar desafios

Edilaine, Carolina Lima, Nicole Lagonegro e eu!!!